Buscar
  • Daniel Posto214

Por que Brasília tem formato de avião? Descubra o motivo

A construção da capital do país teve uma arquitetura ousada e pioneira. Projetada por Lúcio Costa e Oscar Niemeyer, sua inovação fez com que ela fosse a única cidade do país a ganhar o título de Patrimônio Cultural da Humanidade. Um dos grandes enigmas, porém, é por que Brasília tem formato de avião.

Claro que a cidade, projetada para simbolizar a grandeza de uma vontade nacional, deveria ter uma imagem à altura, e cada um de seus espaços deveria ser criado com funções específicas. Mas será que o formato de Brasília é realmente o de um avião?

Continue a leitura e descubra isso e muito mais!


Entenda por que Brasília tem formato de avião

A concepção do Plano Piloto da cidade foi criada com base em seu território, sua topografia e o escoamento da água. Outra intenção do projeto foi simbolizar o gesto de quem assinala uma cruz, como um símbolo de conquista.

Esse modelo seria o mais viável para a cidade por poder transportar água para as residências, partindo do ponto mais alto, e captar o esgoto no ponto mais baixo. Por isso, um dos eixos dessa cruz — o Norte-Sul — seria arqueado e lembraria um pássaro ou avião.

Para o autor do projeto, porém, a obra remeteria a uma borboleta. A confusão ocorre porque os seus eixos são bastante acentuados, o que lembra a aeronave. No entanto, ao redor deles, há desenhos de áreas adjacentes que, de modo geral, formam uma borboleta.

Conheça outras curiosidades sobre a capital

Por que ela não possui esquina?

Como você já deve ter percebido, Brasília é uma cidade com muitas particularidades e que tem muito a compartilhar além das decisões políticas. Uma curiosidade é o fato de a cidade não possuir esquinas.

Brasília foi construída de forma que qualquer pessoa pudesse transitar pela cidade sem se perder. A ausência de esquinas contribui para isso, enquanto que as numerações das quadras do Plano Piloto ajudam na navegação.

Como a cidade foi construída seguindo uma lógica numérica e geográfica, fica fácil entender que ela não tem esquinas por ser formada por quadras — e não ruas. Ainda assim, isso não a impede de apresentar vários “cantinhos”.

Qual é a lógica de sua numeração?

Para conseguir entender essa lógica, é preciso se lembrar de alguns pontos fundamentais para não se perder. Entre eles, temos:

  • a maioria dos endereços possuem uma numeração variando entre 1 e 16, em dezenas, e 100 e 900, em centenas;

  • as dezenas têm como ponto inicial o Eixo Monumental, tanto para a asa Sul quanto a Norte, e as quadras são nomeadas de forma crescente;

  • as centenas se dividem entre par e ímpar. As pares se localizam no lado Leste e as ímpares, no Oeste.

Como vimos, a cidade é realmente única e obedece a uma lógica própria, e isso vai desde entender por que Brasília tem formato de avião até a ausência de esquinas. Por isso, vale a pena conhecer o local e desfrutar de algo único no país.

Gostou do nosso texto? Então, aproveite para saber mais sobre os principais aspectos culturais de Brasília!

0 visualização0 comentário
Wzap 2.png