Buscar
  • Daniel Posto214

Palácio do Planalto: saiba mais sobre um dos pontos turísticos mais importantes de Brasília

Você sabia que o Palácio do Planalto, onde fica a sede do Presidente da República, é um exemplo para o mundo devido à sua arquitetura com edificações modernistas? Sabia que lá também fica localizada a Casa Civil, a Secretária-Geral e o Gabinete de Segurança Institucional? Sabia que o pentacampeonato mundial de futebol foi oficialmente comemorado lá?

O Palácio do Planalto, projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, assim como toda Brasília, foi pensado para trazer orgulho e modernidade aos brasileiros. O lugar também já foi palco de momentos históricos. Por isso, é praticamente um ponto obrigatório de visitação para entender mais sobre o nosso país. E claro, o Palácio do Planalto é cheio de histórias e curiosidades sobre a sua construção.

Quer saber mais sobre o Palácio do Planalto? Continue a leitura e descubra tudo o que você precisa!


Posse de cerimônia do Presidente

A posse de cerimônia do Presidente da República é um momento histórico para o país e o Palácio do Planalto foi palco do evento algumas vezes. Os preparativos para esse acontecimento que ocorre no primeiro dia de janeiro são muito criteriosos e há o convite para as autoridades do mundo inteiro participarem do evento.

A cerimônia começa com uma missa na Catedral de Brasília e conta com o Exército e Fuzileiros Navais. Depois, o Presidente parte em direção ao Itamaraty e há um banquete para que as autoridades internacionais sejam recepcionadas. Na sequência, o Presidente e o Vice partem para o Congresso, onde são recebidos por outras autoridades, fazem um juramento à nação, discursam e assinam o livro oficial.

A próxima etapa é o Palácio do Planalto, em que o presidente eleito é recebido pelo que deixa o cargo; ambos sobem a rampa juntos. O local já recebeu como chefe de Estado Luiz Inácio Lula da Silva, Fernando Collor, Fernando Henrique Cardoso, Dilma Rouseff etc.

História do Palácio do Planalto

No dia 21 de abril de 1960, o então presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira inaugurava o Palácio do Planalto. O momento ficou marcado como o símbolo da transferência da capital federal para o interior do Brasil. Assim, os três poderes da República, Executivo, Legislativo e Judiciário, se instalaram simultaneamente em Brasília.

Arquitetura

A Arquitetura nada convencional do Palácio do Planalto é tida como uma das mais bonitas construções de Oscar Niemeyer. Serviu para apresentar e acostumar os brasileiros à arquitetura moderna, pouco conhecida no Brasil até aquele momento, e modificar muitos conceitos enraizados. Um exemplo disso é a troca de janelas por grandes fachadas de vidro e rampas em curvas modernas.

A construção teve como base o minimalismo e formas geométricas, além de excluir totalmente exuberâncias e ornamentos. Além disso, a arquitetura de Niemeyer e Lúcio Costa teve total integração com o paisagismo, conceituado por Roberto Burle Marx.

Biblioteca

A Biblioteca da Presidência da República foi inaugurada no governo do Presidente Wenceslaus Brás e conta com mais de 30.000 itens. O local fica aberto à visitação do público. Porém, o empréstimo de livros só é possível para os servidores do Palácio do Planalto.

Nessa biblioteca, você pode ter um acesso exclusivo a todos os conteúdos produzidos pelos ex-presidentes durante os mandatos. E, se você tem muito interesse em política, também pode encontrar a coleção de Leis do Brasil, os discursos dos presidentes anteriores e o Diário Oficial da União.

Obras de arte

O acervo de arte do Palácio do Planalto também é bastante rico e não deixa a desejar. É possível encontrar peças de diferentes estilos e épocas. O local também reúne alguns dos melhores nomes do mobiliário brasileiro e da arte.

Um exemplo disso é o relógio com máquina de Balthazar Martinot e ebanesteria de Charles Boulle, ambos franceses que trabalharam para o Rei Luís XIV. A obra pode ser encontrada na entrada do salão, no terceiro andar.

O Palácio do Planalto em detalhes

Fachada

Quem chega ao Palácio do Planalto se depara logo na entrada com construções em linhas simples e horizontais, o que proporciona um efeito visual peculiar. As colunas curvas da fachada — chamadas de velas — proporcionam uma intermediação entre a arquitetura composta por Niemeyer e o cálculo estrutural de Joaquim Cardoso.

Após a requintada construção, o Palácio do Planalto se tornou palco de eventos de Brasília, desde a inauguração do palácio até a posse dos presidentes. Antes do Palácio do Planalto, esses eventos eram realizados em uma construção de madeira provisória chamada de Palácio do Catetinho, que foi inaugurada em 31 de outubro de 1956.

Seguindo mais adentro do Palácio do Planalto, você encontra um imenso hall de entrada que recepciona os visitantes, com as curvas da rampa desenhada por Niemeyer e um amplo espaço de circulação para acolher os visitantes. Ainda, há a presença de uma parede dourada na qual está exposto o discurso de lançamento da pedra fundamental da nova capital da República. Lá está descrito com exatidão o espírito que acompanhou os pioneiros que construíram as obras lideradas por JK.

Sala de espera

Na sala de espera também existem diversas obras de arte que os visitantes podem apreciar. Um exemplo são as poltronas Vronka e a mesa de centro Elle, todas do designer Sérgio Rodrigues. Há ainda, para decorar as paredes, o quadro As Mulatas, de Di Cavalcanti, Obra sem título de Geraldo de Barros, Máquina de Frank Schaeffer e Galhos e Sombras de Frans Krajcberg.

Salão nobre

Para adentrar o salão nobre há uma escadaria inspirada no Palácio do Catete e nos castelos medievais. Ele fica no segundo andar e consiste no maior espaço do Planalto, feito especialmente para abrigar as cerimônias mais importantes, como as posses de presidentes.

Programa de visitação

As visitas ocorrem no domingo, das 9h às 13h30. Para isso, são formados grupos de visitação a cada 40 minutos, que são acompanhados por um profissional de Relações Públicas. O agendamento é realizado pela internet.

Como ver é melhor do que ouvir falar, nada melhor do que agendar uma visita a Brasília e ir ao Palácio do Planalto para conhecer a história do local, entender a imponência da arquitetura, das obras de arte, paisagismo etc.

Então, gostou de conhecer mais sobre o Palácio do Planalto? Aproveite a visita ao blog e confira nosso post sobre os principais aspectos culturais de Brasília!

0 visualização0 comentário
Wzap 2.png